Campo Grande 00:00:00 Sexta-feira, 19 de Julho de 2024


Executivo Segunda-feira, 17 de Junho de 2024, 12:45 - A | A

Segunda-feira, 17 de Junho de 2024, 12h:45 - A | A

Habitação

Projeto de regularização fundiária beneficia mais de 1.500 famílias de Dourados

Prefeito Alan Guedes afirma que essa é uma prioridade da gestão e não vai parar

Rogério Vidmantas
Capital News

Rodrigo Pirola/Prefeitura de Dourados

Alan Guedes

Alan Guedes participou da entrega das escrituras às famílias de Dourados

Um dos primeiros problemas identificados pela equipe de gestão da administração Alan Guedes foi a questão da regularização fundiária. Em diversos bairros, famílias que moram há décadas no imóvel ainda não possuíam a documentação legal e, para regularizar a situação, a Prefeitura de Dourados desenvolveu um trabalho para, até o fim do ano, entregar, pelo menos, 1.800 escrituras.

O projeto desenvolvido pela Agehab (Agência Municipal de Habitação) está sendo realizado em conjunto com a Legaliza Brasil, empresa especializada em processos de regularização fundiária, contratada para fazer o levantamento em 27 bairros. Desde então, foram entregues mais de 1.500 títulos e, com a documentação, o proprietário do imóvel pode usufruir do bem regularizado e realizar construções, ampliações, reformas e vendas.

“Esse é um dos compromissos da nossa gestão, uma prioridade. Estamos trabalhando com muito empenho para que cada vez mais douradenses sintam essa alegria de, finalmente, ter o título de suas propriedades regularizados e legalizados.Essa é a materialização do sonho da propriedade dessas famílias, que agora são, oficialmente, donas das casas que residem”, ressalta o Prefeito Alan Guedes.

Entre todas as famílias atendidas, o senhor Adelvo Garcia Borba é um exemplo, depois de passar anos em busca de regularização sem sucesso, com o trabalho feito pela Prefeitura de Dourados agora pode dizer que é o dono da sua casa. “Estou há 34 anos esperando esse privilégio que enfim foi finalizado. Eu quero agradecer ao prefeito e a todos que trabalharam para que a gente pudesse ter esse documento”, disse, emocionado.

A última entrega aconteceu em abril, com 140 escrituras para moradores dos bairros Izidro Pedroso, Terra Roxa, Vila Popular Antônio João e Conjunto Habitacional Eulália Pires. O documento é totalmente gratuito, graças a uma parceria da Prefeitura com o Governo do Estado.

Comente esta notícia


Reportagem Especial LEIA MAIS