Campo Grande/MS, Quarta-Feira, 20 de Outubro de 2021 |
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Quinta-Feira, 08 de Julho de 2021, 09h:37
Tamanho do texto A - A+

Confronto termina em morte de possível integrante da facção criminosa Primeiro Comando da Capital

Ação conjunta desarticulou braço que quadrilha que atuava na região de Dourados

Elaine Silva
Capital News

Divulgação/PCMS

Confronto termina em morte de possíveis integrantes da facção criminosa Primeiro Comando da Capital

Em Maracaju um homem acabou morrendo durante confronto

 

Setor de Investigações Gerais (SIG) da 1ª DP de Dourados, da Delegacia de Maracaju, da Delegacia de Caarapó e do Batalhão de Choque da Polícia Militar realizaram uma ação nos municípios de Caarapó e Maracaju com intuito de desarticular um braço de uma organização criminosa de forte atuação nas ruas e nos presídios, destinada a prática de crimes como homicídios, roubos, crimes da lei do desarmamento e tráfico de drogas.

As equipes estavam monitorando possíveis ações da organização criminosa denominada Primeiro Comando da Capital (PCC), devido à últimos acontecimentos que ocorreram na operação Narcos, bem como em uma ação da polícia na cidade de Dourados no dia 29 de junho, no qual dois criminosos vieram a óbito após atentar contra a vida de policiais. Conforme apurado ocorreriam ataques na cidade de Dourados em represália a essas ações.

De acordo com a Polícia Civil, nesta quarta-feira (7), enquanto os policiais colheram informações nas mais variadas fontes, tomaram conhecimento que os ataques ocorreriam nas cidades de Caarapó e Maracaju, sendo que inclusive teria ocorrido um roubo na noite anterior no município de Caarapó, onde o veículo seria utilizado para tirar a vida de um inocente.

Divulgação/PCMS

Confronto termina em morte de possíveis integrantes da facção criminosa Primeiro Comando da Capital

Apreensão durante a ação nesta quarta


Durante os levantamentos levantou-se que os agitadores estariam residindo na residência na Rua Antônio João, no município de Maracaju, e no município de Caarapó estariam na residência localizada na Travessa Miguel Vasconcelos.

Em contato com as unidades que iniciaram os monitoramentos, as equipes do SIG de Dourados e do Batalhão de Choque que estavam em Dourados para apoiar a situação se deslocaram aos municípios para apoio às Delegacias que coordenaram a ação nos locais indicados. Durante a ação em Maracaju foi efetuada a prisão em flagrante por tráfico de drogas e posse de arma de fogo, de uma mulher, sendo que um homem veio a óbito após atirar contra as equipes policiais que tiveram que reagir.

Divulgação/PCMS

Confronto termina em morte de possíveis integrantes da facção criminosa Primeiro Comando da Capital

Armas encontradas durante a ação


No local foram apreendidas três armas de fogo, dois revólveres calibre 38 e uma pistola adaptada para calibre 22, 10 munições calibre 38, uma munição calibre 22, além de R$ 1.125,00 uma balança de precisão, 15 papelotes de pasta base 3,9 gramas, 1 papelote de cocaína de 1,1 grama, e 630 gramas de maconha, sendo que boa parte estava embalada pronta para comercio.

Já no município de Caarapó foram conduzidas para a Delegacia 5 pessoas, dentre elas dois menores, sendo que os indivíduos foram presos/apreendidos em flagrante pelos crimes de roubo, tráfico de drogas, associação criminosa e corrupção de menores.

Os presos confirmaram em depoimento que estavam na cidade para execução de uma pessoa no município e que moto roubada seria utilizada no crime de homicídio. Foram apreendidos 1,165kg de maconha, além de uma réplica de arma de fogo do tipo pistola.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix