Campo Grande Quarta-feira, 22 de Maio de 2024



Interior Quinta-feira, 04 de Dezembro de 2008, 10:01 - A | A

Quinta-feira, 04 de Dezembro de 2008, 10h:01 - A | A

Dourados realiza 130 casamentos gratuitos em dezembro

Da redação (LM)

O mês de dezembro foi mais uma vez escolhido pelas noivas. Este ano, o cartório do 2º ofício de Dourados agendou 130 casamentos para esta época, mês das férias e do 13º salário. Em maio foram registrados 66 enlaces matrimoniais. Fato que chama a atenção é que em 2008 o “mês das noivas” ficou na terceira posição dos meses mais concorridos para se casar, ficando atrás inclusive de novembro, que registrou 108 casamentos. Em 2007 foram 164 registros em dezembro, e 45 em maio.

As razões são muitas para escolher dezembro como mês ideal para o casamento. Um dos fatores, segundo empresários do ramo, é a economia. Com o matrimônio realizado no fim do ano as roupas de festas podem ser utilizadas em ambos eventos, principalmente por padrinhos e convidados. A cidade está iluminada, tudo parece ser mais bonito e as liquidações de móveis e eletrodomésticos, promovida pelo comércio, garantem a compra de produtos bons a custos que cabem no bolso.

Para a publicitária Erocildes Bueno, maio "não tem tanta importância assim". Casada há 17 anos, a publicitária preferiu contrair o matrimônio no dia 27 de fevereiro, em homenagem ao aniversário do esposo. "Além de frio, em maio os preços de produtos para casamento aumenta, numa proporção gigantesca", observa.

Segundo a escriturária do cartório 2º ofício, Selma Marcondes Marques, este ano as pessoas decidiram antecipar o casamento de dezembro para novembro. “Considerando que em maio foram 66 casamentos, novembro surpreendeu bastante”.

Há uma série de custos a serem computados numa cerimônia de casamento. No cartório é necessário pagar R$ 285 para dar entrada nos documentos. Se o casal quer cerimônia na igreja, há custos para a celebração.

Para as cerimônias e para a festa são muitos os detalhes e os valores, partindo do aluguel do vestido de noiva, que varia entre R$ 200 e R$ 1,2 mil. Modelo exclusivo sobe este custo para até R$ 3 mil.

Selma explica que o cartório vem realizando uma série de casamentos gratuitos para pessoas de baixa renda, conforme ampara o artigo 1512 do Novo Código Civil. Em dezembro 12 casais vão receber este benefício. (Dourados Agora)

Comente esta notícia


Reportagem Especial LEIA MAIS