CapitalNews

Quinta-Feira, 07 de Abril de 2022, 10h:53

UFGD tem testagem rápida para HIV, sífilis e hepatites nesta quinta

Fique Sabendo na Universidade e uma ação voltada a toda comunidade que está na terceira edição

Rogério Vidmantas
Capital News

Divulgação

UFGD diz que terá perda de R$ 31,3 milhões com cortes

Ação acontece na Unidade 2 da UFGD

Nesta quinta-feira (7) acontece na Unidade 2 da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) a terceira edição da ação Fique Sabendo na Universidade, uma iniciativa voltada à realização de testes rápidos e sigilosos para detecção de HIV, sífilis e hepatites B e C. Os exames são destinados, preferencialmente, a estudantes, mas servidores e terceirizados também serão bem recebidos e atendidos.

 

A ação é uma parceria entre o Serviço Social do Transporte (SEST) e o Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (SENAT), o Serviço de Atendimento Especializado / Centro de Testagem e Aconselhamento (SAE/CTA) de Dourados e a Unidade de Suporte à Urgência (USU) da UFGD, local onde serão realizados os testes, das 8h às 17h.

 

Para passar pelos exames, não é necessário cadastro prévio. Basta comparecer na USU no horário divulgado. Os resultados saem na hora e são entregues aos usuários com total sigilo. E nesta edição, quem for testado receberá, também, um lanche ofertado pelo SEST SENAT.

 

A responsável técnica da USU, Selma dos Santos Brito, enfatiza que ações como essa são de fundamental importância em um ambiente como o acadêmico. “Com a correria da rotina, as pessoas, muitas vezes, não têm tempo de se ausentarem do trabalho ou dos estudos para procurarem o serviço de saúde especializado. Mesmo tendo dúvidas e sentindo a necessidade da realização dos testes, é difícil cuidar da própria saúde”, afirma a enfermeira.

 

Ela acrescenta que a inciativa não apenas permite que os integrantes da comunidade acadêmica tirem dúvidas sobre infecções sexualmente transmissíveis (ISTs), como também recebam um diagnóstico rápido e já sejam encaminhados ao tratamento. “A equipe do SAE/CTA estará presente e já fará a inserção de possíveis pacientes em seu sistema, com o agendamento para o acompanhamento médico”, esclarece Selma.

 

A incidência de ISTs, conforme o SAE/CTA, tem sido alta todos os anos, o que vem motivando ações como a Fique Sabendo na Universidade, no intuito de manter parcerias e levar a testagem para perto da população. “A parceria do SAE/CTA com a UFGD teve início em 2018, com a primeira edição da campanha, já nos moldes atuais, com a testagem dentro do campus. Houve grande aceitação e participação da comunidade acadêmica e, portanto, vem se repetindo. Já com o SEST SENAT, a colaboração começou a partir de uma ação de vacinação contra a gripe voltada a grupos prioritários, incluindo trabalhadores do setor do transporte”, conclui a gestora da USU.

 


Fonte: CapitalNews

Visite o website: wwww.capitalnews.com.br