CapitalNews

Segunda-Feira, 24 de Janeiro de 2022, 09h:13

Revitalização do Morenão tem verba liberada, mas esbarra na burocracia

Responsável pela obra, UFMS diz que não há atraso, mas respeito aos prazos legais

Rogério Vidmantas
Capital News

Divulgação/Portal do MS

Morenão

Revitalização do Morenão ainda não teve inicio das obras

O Campeonato Sul-Mato-Grossense começa em menos de duas semanas e, dos dez times na disputa, três são de Campo Grande. Como acontece todos os anos, a dúvida está em que condições Operário FC, EC Comercial e União ABC encontrarão o Estádio Morenão para mandar seus jogos. Responsável pelo local, a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) fechou um convênio com o Governo do Estado para reformas e adequações, algumas já deveriam estar sendo implantadas para o Estadual deste ano, mas até agora, mesmo com o dinheiro em caixa, nada foi feito.

 

O acordo entre a UFMS e o Governo do Estado foi assinado no dia 19 de novembro, com previsão de R$ 9,5 milhões, investimento que integra o programa MS + Esporte. A previsão era de que as obras começassem no início de janeiro e seguissem até o mês de setembro. Portanto, no início do Campeonato Estadual, no dia 2 de fevereiro, alguns cuidados, como do gramado, já poderiam estar concluídos, mas até agora nada foi feito.

Anderson Ramos / Arquivo Capital News

Marcelo Miranda - Diretor Presidente Fundesporte 2017

Marcelo Miranda Diretor-presidente da Fundesporte

 

Segundo o diretor-presidente da Fundesporte, não haveria razão para essa demora. “O dinheiro já está à disposição da Universidade para as obras, mas está tudo parado até agora”, disse em conversa com o Capital News. Para completar a insatisfação de Miranda, o Morenão está sendo cedido para a realização de shows, e durante o Campeonato Estadual, o que deve piorar ainda mais a situação do gramado. No dia 19 de fevereiro está prevista apresentação do sertanejo Gusttavo Lima. No dia seguinte, a tabela do Estadual prevê no local a partida entre Operário e Costa Rica EC. Na agenda oficial do cantor consta a apresentação em Campo Grande nesta data, mas não o local.

 

UFMS

 

Na visão do reitor Marcelo Turine, que atendeu o Capital News mesmo em férias, não há atraso. Ele confirmou que o dinheiro disponível para as obras no Estádio Morenão já está disponível, mas que foi depositado apenas na última semana de 2021. “O Governo fez o repasse financeiro no fim de dezembro e agora a Fundação de Apoio à Pesquisa, ao Ensino e à Cultura (Fapec) está organizando as licitações”, afirmou.

 

A informação é completada pelo pró-reitor de Administração e Infraestrutura da UFMS, Augusto Malheiros. “O processo licitatório não está atrasado. Basicamente a reforma do Morenão é elétrica, hidráulica e acessibilidade já que o estádio é uma edificação de 50 anos e hoje temos uma realidade dentro das normas de segurança completamente diferentes quando da sua construção”, afirmou ao Capital News.

 

Segundo ele, esse processo já está em andamento. “Já foi deflagrado. As vezes para o leigo é só aquilo que consegue ver publicado no jornal, mas toda essa parte que antecede a publicação já está em andamento. São providências exigidas em lei que estão atendidas por parte da Fapec que tem essa competência para gerir esse recurso”, completa.

 

Estadual

 

O Campeonato Sul-Mato-Grossense tem a primeira rodada no dia 2 de fevereiro, uma quarta-feira. Pelo Grupo A, o campeão Costa Rica EC recebe o Operário FC no Estádio Laertão e, no Morenão, jogam EC Comercial contra o União ABC. A SER Chapadão folga.

 

No Grupo B, o Aquidauanense FC recebe o CE Naviraiense no Estádio Noroeste e, no Douradão, jogam Dourados AC contra o Coxim AC. EC Águia Negra estreia na segunda rodada.

Anderson Ramos/Capital News

Morenão

Com reforma, Morenão deve ganhar novo gramado e ter a arquibancada oposta finalmente liberada


Fonte: CapitalNews

Visite o website: wwww.capitalnews.com.br