Campo Grande/MS, Quinta-Feira, 16 de Julho de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Terça-Feira, 03 de Março de 2020, 15h:56
Tamanho do texto A - A+

Empresários corumbaenses se unem a campanha de pesca esportiva com cota zero

Trade turístico de Corumbá quer fomentar uma pesca diferenciada no Pantanal

Norton Soares
Capital News

Saul Schramm/ MSGOV

Pesca Esportiva

Pesca esportiva no Rio Paraguai: destino único com as belezas do Pantanal

Campanha de prática da pesca esportiva no Pantanal sem captura das espécies nativas é aderida por mais de 70% das empresas que atuam na pesca esportiva em Corumbá. O município é um dos principais destinos onde se pratica esse esporte no Estado.

 

A responsávei pela ação é a Associação Corumbaense de Empresas Regionais de Turismo (ACERT). O presidente da entidade,  empresário Luiz Martins, resaltou que a medida é mais restritiva com o objetivo de preservar o estoque pesqueiro.

 

“Sabemos que a cota zero é uma medida radical, fere vários interesses, mas é uma tendência que teremos que acompanhar futuramente se quisermos preservar nossos rios”, pontuou Martins. “Nosso objetivo é a cota zero e vamos incentivar nossos clientes a praticar o pesque-solte, sabendo que a maioria das pessoas que vem pescar no Pantanal já não leva mais o peixe”.

 

Ao todo, são mais de 500 km de pesca somente no Rio Paraguai. Avaliação da ACERTA aponta que restrições à pesca esportiva neste ano não devem prejudicar os negócios locais. “Pode haver uma queda, mas estamos apostando no futuro, vamos ser compensados lá na frente”, fnalizou o presidente.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix