Campo Grande/MS, Quarta-Feira, 16 de Outubro de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Quarta-Feira, 03 de Fevereiro de 2016, 10h:24
Tamanho do texto A - A+

Casa da Mulher Brasileira comemora um ano com quase 10 mil atendimentos

Inaugurada em 2015 pela presidente Dilma a Casa registrou mais de 8 mil boletins de ocorrência nesse período

Antonio Negruny
Especial para o Capital News

Deurico/Capital News

Foto ilustrativa da fachada da Casa da Mulher Brasileira

Casa da Mulher Brasileira fica localizada no Jardim Imá, próximo ao Aeroporto Internacional de Campo Grande

A Casa da Mulher Brasileira de Campo Grande comemora um ano de atividade com novos serviços, como implantação da unidade da polícia militar e o lançamento do Sistema de Informatização.


Segundo a Casa, os órgãos presentes trabalham de maneira integrada e especializada na busca de facilitar as ações protetivas as mulheres vitimas de violência evitando gerar desgaste, constrangimento ou desistência de um processo. Ao todo a Casa registrou pelo DEAM 8.595 Boletins de Ocorrência e 922 prisões. Na 3ª Vara foram 2.444 medidas protetivas. A promotoria atendeu 446 casos incluindo as ligações do Ligue 180 e a Defensoria prestou assistência jurídica a 2.131 mulheres.


A Casa trabalha com serviços integrados de diversos órgãos como Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM), que protege e investiga os crimes de violência doméstica e sexual, realizando Boletins de Ocorrência e encaminhamentos para medidas protetivas; a 3ª Vara Especializada de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, órgão da Justiça responsável por processar, julgar e executar as causas resultantes de violência doméstica e familiar; Promotoria Especializada do Ministério Público que promove a ação penal dos crimes de violência; e também a Defensoria Pública, que orienta as mulheres sobre seus direitos e acompanha as etapas do processo judicial.

 

 Relembre o caso
  Secretária Especial do Ministério das Mulheres após visita da Casa da Mulher Brasileira se reúne com Benal

  Primeiro BO da Casa da Mulher é por ameaça e injúria
  Em menos de 2 horas, patrulha Maria da Penha atendeu 10 ocorrências
  Olarte: “Vaias foram patrocinadas”
  Manifestantes denunciam censura durante protesto em frente à Casa da Mulher
  “Tolerância zero aos agressores” decreta Dilma em inauguração da Casa da Mulher Brasileira
  Protestos em visita de Dilma são contra impostos e impunidade de corruptos
  Gilmar Olarte é vaiado durante discurso com presença de Dilma
  Polícia barra cartazes com ofensas a Dilma
  Presidente Dilma acaba de chegar a Campo Grande
  Casa da Mulher Brasileira, um direto de todas

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix