Campo Grande/MS, Domingo, 15 de Setembro de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Sexta-Feira, 16 de Agosto de 2019, 12h:53
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Juízes de MS reagem contra projeto que prevê prisão por “abuso de autoridade”

Por Marco Eusébio

Da coluna Entrelinhas da Notícia
Artigo de responsabilidade do autor

Fotos Divulgação e Reprodução

ColunaMarcoEusébio

Associação dos Magistrados repudiou projeto; o juiz David Borges afirmou: 'Vendaram, amordaçaram e agora algemaram os juízes'

O projeto do Senado contra "abuso de autoridade" aprovado com urgência pela Câmara que prevê prisão para juízes, promotores e policiais casos sejam acusados por criminosos de supostos "abusos" em operações e prisões, gera reações de magistrados sul-mato-grossenses. "Vendaram os juízes, amordaçaram os juízes e agora algemaram os juízes com as mãos para trás. Onde está o abuso de poder? #VetaBolsonaro", escreveu no Twitter ontem o juiz o juiz David de Oliveira Gomes Filho, da 2ª Vara de Direitos Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos de Campo Grande. A Associação dos Magistrados de Mato Grosso do Sul (Amamsul) divulgou nota em que repudia a medida e afirma: "A intimidação da atuação de magistrados e outras autoridades que atuam no combate ao crime, por meio de lei, somente beneficia àqueles que desejam a impunidade, sobretudo nos caso de corrupção e de crimes praticados por fortes organizações criminosas". Leia aqui a íntegra no site do TJMS.

 

 

   Leia a coluna de hoje clicando aqui em Marco Eusébio in Blog

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix