Campo Grande/MS, Segunda-Feira, 14 de Junho de 2021 |
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Domingo, 21 de Março de 2021, 12h:26
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Concreto e cimento queimado na decoração: quais as diferenças?

Por Aline Reis

Da coluna Casa e Decoração
Artigo de responsabilidade do autor

Conheça diferenças, funções e vantagens dos revestimentos rústicos que estão em alta atualmente

iStock

ColunaEducaçãoECarreira

O conceito industrial na decoração já está em alta há anos, tanto nos interiores de casas, quanto em estabelecimentos comerciais, e as paredes rústicas são uma das formas de aderir a esse estilo. Entre acabamento em tijolo maciço e tintas propositalmente descascadas estão os muito procurados concreto e cimento queimado.


Visualmente, os dois são muito parecidos, porém há diferenças relevantes na hora de pensar na decoração. O cimento queimado é composto de areia de construção, água e cimento, o que dá a esse acabamento mais delicadeza, além de ser mais simples de aplicar. Já o concreto queimado tem adição de pedras em sua composição, o que demanda um polimento mais abrasivo para ter um efeito final bonito.


Apesar dessa dificuldade a mais, o concreto sai na frente no quesito durabilidade. Ele é muito mais resistente e precisará de menos manutenção, além de suportar mais umidade do que o cimento.


Portanto, já que o visual dos dois é igualmente bonito, vale a pena avaliar qual será o uso da parede revestida, se estará na parte interna ou externa e se terá alguma função além de ser decorativa, como segurar prateleiras e outros objetos. Em caso de dúvidas, o ideal é sempre consultar um arquiteto ou engenheiro.


Outras vantagens desses revestimentos
Além da estética sofisticada e neutra, que permite a incrementação do ambiente com diferentes artefatos de qualquer estilo, o cimento e o concreto são de baixo custo – a aplicação no piso, por exemplo, sai, em média, de R$ 15,00 a R$ 25,00 o metro quadrado.


A aplicação é simples, rápida e pode ser feita em cima de outros revestimentos, como pisos, azulejos, porcelanato e até mesmo madeira, diminuindo ainda mais o custo e o trabalho da reforma. Por conta dessa facilidade, seu uso também é bem diverso, podendo ser usado em pisos, paredes, bancadas, pias de lavabo, colunas e escadas.


Outra vantagem é que, apesar do nome, o cimento e o concreto queimado são acabamentos frios que diminuem o calor dos ambientes. Além disso, ornam muito bem com plantas, inclusive as de espécies que também refrescam os ambientes, como hera inglesa, espada-de-são-jorge, lírio-da-paz e gérbera, muito famosas em floriculturas de Goiânia, Natal, São Miguel dos Milagres e Rio Quente, cidades que marcam altas temperaturas.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix