Campo Grande/MS, Quinta-Feira, 26 de Abril de 2018 | 07:37
27˚
(67) 3042-4141
Rural
Sábado, 14 de Abril de 2018, 10h:47
Tamanho do texto A - A+

Superprodutividade garante recorde na safra de soja

Safra 2017/2018 de Mato Grosso do Sul registrou aumento de 5,53% em produtividade e 12% em produção

Esthéfanie Vila Maior
Capital News

João Carlos Castro

MS tem 34,5% da área de soja colhida

A produção cresceu de 8,532 milhões de toneladas para os atuais 9,558 milhões de toneladas

A safra da soja 2017/2018 registrou recorde estadual de produtividade de 59,2 sacas por hectare. Em Mato Grosso do Sul, foram 9,558 milhões de toneladas de grão colhidos. Os dados foram divulgados pelo governador Reinaldo Azambuja durante a Expogrande.

 

Os números apresentados mostram ainda que MS plantou 2,700 milhões de hectares na atual safra, com aumento de 6,51% da área. Além disso, a produção cresceu 12%, passando de 8,532 milhões de toneladas para os atuais 9,558 milhões de toneladas. Já a produtividade subiu 5,53%.

 

“Com grande satisfação anunciamos hoje que atingimos um recorde na produção estadual de soja, resultado de um trabalho conjunto com a Famasul, Aprosoja e os centros de pesquisa e tecnologia”, disse o governador.

 

O presidente da Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul (Aprosoja-MS), Juliano Schmaedecke, destacou a importância da capacitação dos agricultores. “O produtor tem se capacitado, usado a tecnologia a seu favor para crescer e expandir seus negócios. O resultado está sendo visto por nós, mesmo em um ano com intempéries climáticas”.

 

Para o secretário de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), Jaime Verruck, pontos importantes têm contribuído para os números atuais. Entre eles, os recursos do Fundo para o Desenvolvimento das Culturas de Milho e Soja (Fundems); a linha de crédito do Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste (FCO), que tem financiado projetos de produtores locais; o Soja Plus, programa gratuito para aumentar a produtividade com qualidade da soja; e o Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio (Siga MS), que monitora a safra estadual.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix