Campo Grande/MS, Quarta-Feira, 15 de Agosto de 2018 | 00:43
27˚
(67) 3042-4141
Rural
Sexta-Feira, 11 de Maio de 2018, 09h:26
Tamanho do texto A - A+

FCO Rural deve ter R$ 1,1 bilhão contratados em MS

“FCO é fundamental para os investimentos do setor na estruturação das unidades produtivas” afirma diretor técnico

Esthéfanie Vila Maior
Capital News

Famasul

FCO Rural deve ter R$ 1,1 bilhão contratados em MS

Representantes do setor produtivo participaram do encontro realizado na Fiems nesta semana

No ano passado, foram contratados R$ 1,4 bilhão no Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste (FCO) Rural em Mato Grosso do Sul. A previsão para 2018 é de R$ 1,1 bilhão ou 50% do montante total disponível.

 

De acordo com o diretor técnico da Federação da Agricultura e Pecuária de MS (Famasul), Renato Roscoe, explica que os valores podem ser complementados no segundo semestre, caso os demais setores não utilizem a parte que lhes cabe. “Historicamente, isso tem ocorrido em função da grande dinamicidade do setor agrícola”.

 

O diretor técnico ressaltou que mais investimentos significa aumento do potencial produtivo, o que reverte em desenvolvimento para o Estado e para a região. “O FCO é fundamental para os investimentos do setor na estruturação das unidades produtivas, o que efetivamente contribui para a expansão da produtividade por área e da produção agregada”.

 

Em relação às alterações na taxa de juros que o Ministério da Fazenda pretende implantar para o recurso do setor rural, Roscoe afirma que os produtores estão apreensivos com a taxa flutuante. “Estamos trabalhando para que seja mantida a opção de taxa fixa para as operações agropecuárias”.

 

De janeiro a abril de 2018, o FCO teve R$ 567 milhões contratados no Estado. O superintendente regional do Banco do BRasil, Gláucio Zanettin, explica que os empresários e produtores rurais estão buscando entender as novas regras da linha de crédito.

 

O diretor técnico da Famasul participou do Lançamento das novidades do FCO na sede da Federação das Indústrias de MS (Fiems), nesta semana.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix