Campo Grande/MS, Segunda-Feira, 25 de Março de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
2018
Terça-Feira, 01 de Janeiro de 2019, 11h:20
Tamanho do texto A - A+

MS é uma das rotas de entrada para o tráfico de drogas e cigarros

Apreensões milionárias, abandonos de cargas e fuga de bandidos marcaram o ano de 2018

Flavia Andrade
Capital News

Entre as mortes, acidentes e ações policiais realizadas por todo o Mato Grosso do Sul, as apreensões de drogas e a luta pelo tráfico clandestino de cigarros continuam sendo os mais destacados entre o meio polícial.

 

Com apreensões de carregamentos milionários de Cocaína, Maconha, e outras drogas, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) também apreendeu cargas de cigarro e busca “desmantelar” a organização criminosa que está por trás desse tráfico. Durante as “caçadas” aos bandidos, a PRF se deparou com cargas abandonadas, pneus furados e algumas prisões daqueles que não conseguiram escapar. 

 

A cada perseguição, a coragem dos traficantes em tentar esconder as drogas nos veículos ou caminhões para passar disfarçadamente nas barreiras policiais, apontam a ousadia dos mesmos em seguir em frente com um trabalho ilegal e doloso à população. 

 

O Caos no Estado está visível quando ao abrir as páginas policiais, vemos crianças de 10 a 14 anos cometendo atrocidades com outras crianças da mesma idade, como aconteceu com a menina Gabrielly Ximenes Souza, 10 anos, que morreu após ser espancada por outras três meninas, por desavenças tão pequenas, em lugares onde se deveriam prevalecer o respeito, o companheirismo, a igualdade independente de quaisquer diferenças, a educação e a conscientização deveria ser mais abordada, do que a indiferença. O caso segue sendo investigado pela polícia e acompanhado por autoridades da Capital.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix