Campo Grande/MS, Quarta-Feira, 21 de Novembro de 2018 |
27˚
(67) 3042-4141
Política
Sexta-Feira, 09 de Novembro de 2018, 14h:11
Tamanho do texto A - A+

Tereza Cristina diz que prioridade de governo Bolsonaro deve ser “segurança jurídica”

Em entrevista coletiva na capital, deputada esclareceu como deve ser composto trabalho do MAPA

Leonardo Barbosa
Capital News

Deurico/Capital News

Tereza Cristina diz que prioridade de governo Bolsonaro deve ser “segurança jurídica”

..

A futura ministra da Agricultura do governo Bolsonaro (PSL), deputada Tereza Cristina (DEM) esteve na manhã desta sexta-feira (9) em Campo Grande e falou com a imprensa sobre as movimentações de transição e prioridades de trabalho para o novo ministério.

 

Recepcionada pelo presidente da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de MS), Maurício Saito e por membros de entidades rurais, industriais e comerciais, Tereza disse que ficou muito honrada com a nomeação, mas que também se sente desafiada a cumprir pautas importantes para a àrea. “Fiquei muito honrada e envaidecida com a indicação do meu nome, mas confesso que na hora, senti o peso da responsabilidade”, afirmou a futura ministra.

Deurico/Capital News

Tereza Cristina diz que prioridade de governo Bolsonaro deve ser “segurança jurídica”

..

 

Tereza Cristina também explicou como foram os trâmites para a escolha de seu nome para o MAPA. “Quando nós estivemos lá, antes do 2º turno, toda a bancada (ruralista), conversando com ele (Bolsonaro), e levando o nosso apoio, ele nos disse que a indicação do ministro seria da frente parlamentar (ruralista). Foi uma conversa muito rápida. Então a frente (ruralista) tomou a decisão de levar o meu nome e foram 50, entre deputados e senadores que estiveram com ele em uma reunião anteontem, levando meu nome, não como uma imposição, mas como uma sugestão”, contou a deputada.

 

Ela também contou como foi a primeira conversa com o futuro presidente, após o anúncio e disse que a segurança jurídica deve ser prioridade no governo de Bolsonaro. “Tivemos um primeiro encontro rápido e estivemos conversando sobre a cara que ele quer dar para o mistério e ele me falou que quer segurança jurídica para o campo em todas ações. Nós precisamos ter segurança jurídica para produzir e criar um ambiente favorável em todos os setores, mas aqui no nosso setor, que praticamente 30% do PIB vem do agronegócio, então setor é onde ele (Bolsonaro) quer ter uma atuação mais firme”, disse a parlamentar.

 

Além da segurança jurídica, a deputada disse que políticas agrícolas e infraestrutura e logística também são pautas que devem ser amplamente abordadas em futuro ministério.

Deurico/Capital News

Tereza Cristina diz que prioridade de governo Bolsonaro deve ser “segurança jurídica”

..

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix