Campo Grande/MS, Sexta-Feira, 26 de Maio de 2017 | 05:26
27˚
(67) 3042-4141
Política
Sexta-Feira, 19 de Maio de 2017, 15h:55
Tamanho do texto A - A+

Odilon de Oliveira: em últimos meses como juiz federal, segurança preocupa e carreira política não está definida

Juiz Federal confirmou aposentadoria para o fim do ano

Jhefferson Gamarra
Capital News

Deurico/Arquivo Capital News

Odilon de Oliveira

O ex-ministro Ciro Gomes visitou o Juiz Federal em MS

A visita do ex-ministro e possível candidato a presidência nas eleições de 2018, Ciro Gomes, ao juiz federal Odilon de Oliveira, na última quinta-feira (18), aumentou os rumores de que o magistrado irá se lançar na vida política após aposentadoria.

Deurico/Arquivo Capital News

Em Campo Grande, Ciro Gomes critica reformas propostas pelo governo Temer e diz que não gostaria de ser candidato a 2018 contra Lula

Ciro Gomes afirmou que o Brasil ganharia muito caso o magistrado resolver seguir na vida política.

Em entrevista coletiva concedida no diretório regional do PDT em Campo Grande, Ciro negou que o intuito da visita ao juiz tenha sido para tratar de uma possível ida do magistrado para o campo político, porém o magistrado seria um ótimo nome na política. "Nós não cometeríamos a indelicadeza de convidar um magistrado para a luta política. Mas evidentemente se ele amanhã mudasse sua vocação de magistrado para servir o país na política seria um ganho pro Brasil extraordinário”, afirmou o ex-ministo.


O Juiz Odilon de Oliveira confirmou ao Capital News que não tratou de política com o ex-ministro. “O Ciro me visitou apenas para obter sugestões relacionadas às peculiaridades da fronteira e sua importância na prevenção e no combate à criminalidade no Brasil inteiro, não tratou de ida minha para a política. Não tenho projeto sobre” completou.

O juiz que atualmente é titular na 3ª Vara Federal Criminal de Campo Grande disse que sempre é procurado por lideranças para se lançar na política. “Eu tenho recebido muitos convites, muitas pessoas me procuram, pessoas de projeção nacional, além do Ciro, pessoas daqui, mas eu nunca disse nem sim nem não pra ninguém”.  

Sobre o desejo da população de vê-lo em um cargo público, Odilon vê com bons olhos “Isso me traz muita alegria, porque, a população está reconhecendo em mim a existência de ética, o reconhecimento da população é um atestado nesse sentido. Isso me lisonjeia bastante, eu fico muito feliz com isso”.

Deurico/Arquivo Capital News

Odilon de Oliveira

Devido a ameças constantes, Odilon de Oliveira recebe escolta da Polícia Federal

 

Aposentadoria
O magistrado afirmou que pretende se aposentar ainda este ano, e que ainda precisa resolver questões sobre sua segurança. “Pretendo sim, aposentar-me no final deste ano, pois já tenho 55 anos de trabalho averbado, 35 como juiz”. Com uma sensação de dever cumprido o juiz completou em tom de brincadeira, “Daqui uns dias já estou caducando em cima dos processos e escrevendo besteira. Então é melhor dar lugar pra outra pessoa, acho que já contribui bastante” brincou.

Em questão da sua segurança após aposentadoria, Odilon de Oliveira disse que está aguardando decisão do CNJ, para que continue sendo escoltado, mas que isso não vai interferir na sua decisão de se aposentar. “O CNJ até agora não decidiu nada, tá com quatro anos, desde 2014, 2015, 2016 e 2017 se demorar mais quatro anos eu já vou estar caduco. A única pendência é essa, mas isso não vai ser obstáculo” concluiu o Juiz Federal.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix