Campo Grande/MS, Quarta-Feira, 19 de Setembro de 2018 | 22:24
27˚
(67) 3042-4141
Política
Segunda-Feira, 10 de Setembro de 2018, 09h:54
Tamanho do texto A - A+

Justiça concede liminar mantendo candidatura de Zeca ao Senado

Decisão anula condenação e o candidato está elegível para estas eleições

Leonardo Barbosa
Capital News

Reprodução/Arquivo

Sem Ayache no PT... e agora José?

Zeca do PT, agora sem condenação e elegível, aguarda confirmação do TRE-MS para sua candidatura ao senado

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, concedeu nesta segunda-feira (10) uma liminar suspendendo os efeitos do julgamento que havia condenado o deputado Zeca do PT por improbidade administrativa no processo do escândalo conhecido como “Farra da Publicidade”. Com a decisão, o político que atualmente é candidato ao Senado, deixa de ser condenado, podendo assim ser eleito nestas eleições.

 

Zeca registrou sua candidatura e de imediato recebeu pedido de impugnação por parte da PRE (Procuradoria Regional Eleitoral) por conta de sua condenação. Porém, na última semana, o desembargador Nélio Stábile, se declarou impedido de votar no processo. A defesa do petista pediu então a anulação de todas as ações do desembargador diante do mesmo, anulando assim a decisão que o condenava, uma vez que o placar da votação dos magistrados teria terminado em 3x2, contando com o voto de Stábile pela sua condenação.

 

A decisão desta segunda-feira atende ao recurso apresentado pela defesa do deputado e mantém a possibilidade do TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) aceitar a candidatura de Zeca ao senado, uma vez que não condenado, ele estaria elegível para o pleito em 2018. Zeca aguarda agora, confirmação do TRE-MS para sua candidatura.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix