Campo Grande/MS, Sábado, 17 de Novembro de 2018 |
27˚
(67) 3042-4141
Política
Quinta-Feira, 13 de Setembro de 2018, 12h:12
Tamanho do texto A - A+

Eleições no MS receberão apoio de forças federais

Determinação foi expedida pelo TSE a Pedido do TRE. Oficiais irão atuar na região de fronteira do estado

Flávio Veras
Capital News

Reprodução

Forças Armadas terão presença permanente na fronteira de MS

De acordo com o TSE, o pedido foi feito pelo TRE-MS

 

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) acolheu, em sessão plenária administrativa realizada na última terça-feira (11), pedidos dos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) do Mato Grosso do Sul para envio de forças federais para acompanhar as eleições gerais deste ano em localidades dos estados. 

 

O TRE-MS solicitou a presença de forças federais em quatro municípios do estado: Amambai, Paranhos, Caarapó e Ponta Porã. 

 

De acordo com o TSE, com a decisão, 370 localidades de sete estados receberão auxílio de forças federais para a segurança nas eleições de outubro. Além do Mato Grosso do Sul também já foi autorizado o envio de tropas para atuar nos estados do Acre (11 localidades), Ceará (5), Maranhão (72), Piauí (112), Rio de Janeiro (69) e Rio Grande do Norte (97).

 

Ministério da Defesa

Ainda conforme a nota do Tribunal, com a aprovação do TSE para o destacamento das forças federais, cabe ao Ministério da Defesa definir o quantitativo das tropas e a logística para o deslocamento até as localidades contempladas.

 

A missão das tropas, formada por militares das Forças Armadas, é assegurar o livre exercício do voto, mantendo a normalidade no dia do pleito, e garantir a apuração dos resultados das eleições nas localidades em que a segurança pública dos estados necessita de reforço.

 

O TSE também aprovou o envio de militares para dar apoio logístico à Justiça Eleitoral. Até o momento, 101 localidades situadas em regiões longínquas e isoladas do país já têm garantido esse importante auxílio. Quatro delas estão no Estado do Mato Grosso do Sul.

 

 As outras 97 localidades situam-se em quatro estados da região Norte do país. São eles: Acre (41 localidades), Amazonas (25), Amapá (5) e Roraima (26). Em todos esses locais, os militares atuarão levando equipamentos (urnas e outros materiais), sempre com a presença de servidores e colaboradores da Justiça Eleitoral.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix