Campo Grande/MS, Domingo, 18 de Novembro de 2018 |
27˚
(67) 3042-4141
Política
Quinta-Feira, 01 de Novembro de 2018, 11h:46
Tamanho do texto A - A+

Bancada federal do MS contempla Hospitais, Segurança e infraestrutura em emendas

Reunidos nesta semana, deputados discutiram emendas que serão apresentadas ao Projeto de Lei Orçamentária de 2019

Leonardo Barbosa
Capital News

Divulgação

Bancada federal do MS contempla Hospitais, Segurança e infraestrutura em emendas

Os deputados, Geraldo Resende (PSDB), Dagoberto Nogueira (PDT), Fábio Trad (PSD), Luiz Henrique Mandetta (DEM), Tereza Cristina (DEM), Vander Loubet (PT) e o senador, Waldemir Moka (MDB)

A Bancada Federal de Mato Grosso do Sul decidiu na última terça-feira (30) quais emendas serão apresentadas ao Projeto de Lei Orçamentária para o ano que vem. No bloco de emendas impositivas, ou seja, de execução obrigatória, deputados e senadores indicaram cerca de R$ 28 milhões para cada área específica como a estruturação de unidades especializadas em saúde, para a modernização da segurança pública, para aquisição de veículos escolares para transporte,  para o fomento do agronegócio e para infraestrutura em Três Lagoas.

 

Já no bloco de emendas de apropriação, ou seja, que podem sofrer algum corte em análise no Congresso Nacional, o valor para cada área foi de R$ 100 milhões. Os parlamentares em conjunto decidiram indicar o valor para a construção da rodovia estadual Sul-Fronteira, para a construção de entroncamentos nas cidades de Rio verde de Mato Grosso e Aquidauana, para o custeio de Hospitais no Estado, para o funcionamento dos Institutos Federais de Ensino Superior, para obras no Terminal Rodoviário de Campo Grande,  para obras e equipamentos do Aeroporto de Dourados,  para a construção do Hospital da Mulher e da Criança ligado ao Hospital Universitário da Universidade Federal da Grande Dourados e para infraestrutura econômica.

 

“Esses recursos foram discutidos dentro da bancada com a participação de todos os parlamentares. Fico muito feliz em sensibilizar a todos da importância de se garantir recursos para ações fundamentais para Dourados, por exemplo, para a continuidade das obras do Hospital da Mulher e da Criança e para a completa reconstrução do aeroporto. Também conseguimos apresentar importantes demandas levantadas pelo governador Reinaldo Azambuja”, afirmou o deputado Geraldo Resende (PSDB), vice-presidente da Comissão Mista de Orçamento.

 

 

Estavam presentes na reunião, além do deputado Geraldo Resende, os deputados Dagoberto Nogueira (PDT), Fábio Trad (PSD), Eliseu Dionísio (PSB), Luiz Henrique Mandetta (DEM), Tereza Cristina (DEM), Vander Loubet (PT) e Zeca do PT e os senadores  Pedro Chaves (PRB), Waldemir Moka (MDB) e Simone Tebet (MDB).  As emendas agora vão tramitar na Comissão Mista de Orçamento, votadas no Plenário do Congresso Nacional e seguem para sanção presidencial.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix