Campo Grande/MS, Segunda-Feira, 15 de Outubro de 2018 | 20:05
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Quinta-Feira, 17 de Maio de 2018, 13h:53
Tamanho do texto A - A+

Funcionário Público é declarado apto para voltar a trabalhar e surta na sala de médica

A denúncia foi feita pela médica à polícia

Laura Holsback
Capital News

Homem, de 40 anos, surtou durante atendimento e fez ameaças à médica ao receber laudo como apto para retornar ao mercado de trabalho. A denúncia foi feita pela médica à polícia nesta terça-feira (16). O fato aconteceu em um consultório, na Duque de Caxias, no Jardim Cangalha, em Três Lagoas.

 

 

Conforme o Boletim de Ocorrência, o paciente atua como técnico de enfermagem na prefeitura da cidade e estava afastado por causa de depressão. Ele foi submetido ontem a uma nova perícia, na qual a médica constatou que a saúde dele estava normal e que poderia retornar ao trabalho em 10 dias.

 

 

Diante do laudo, o funcionário público surtou. Ele dizia que queria o afastamento de 30 dias, passou a se auto-lesionar. Chutou objetos do consultório e trancou a porta por dentro, dizendo para a médica que caso ela não lhe desse o atestado de 30 dias iria enchê-la de porrada.

 

 

Com medo das ameaças, a médica deu o atestado e o paciente foi embora. Em seguida, ela foi até a delegacia de Polícia Civil, onde registrou a denúncia, mas deixou claro que não quer levar o processo adiante.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix