Campo Grande/MS, Quarta-Feira, 19 de Setembro de 2018 | 22:15
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Sexta-Feira, 14 de Setembro de 2018, 12h:31
Tamanho do texto A - A+

Deputado preso considera “estranha” operação às vésperas da eleição

Nota de esclarecimento foi direcionada à família e eleitores do parlamentar

Leonardo Barbosa
Capital News

Gustavo Nunes/Assessoria

Operação Vostok cumpre mandados com base em delação da JBS no estado

Deputado Zé Teixeira (DEM) foi preso na última quarta-feira (12) pela Polícia Federal

 

O deputado estadual Zé Teixeira (DEM), preso na última quarta-feira (12) em decorrência da Operação Vostok da Polícia Federal, que combate um esquema de pagamento de propina a representantes da cúpula do Governo do Estado, emitiu uma nota nesta quinta-feira (13), esclarecendo seu envolvimento nas investigações e estranhando as movimentações judiciárias em pleno o período eleitoral.

 

No documento direcionado à sua família, amigos e eleitores, Zé Teixeira diz que nunca havia sido procurado pela justiça para esclarecimentos relacionados ao caso e que respeita todas as decisões e trâmites judiciais, porém, um movimentação processual há 25 dias das eleições, lhe parece estranha.

 

Ao final, o parlamentar diz que sua história dentro da política foi construída com trabalho árduo e com compromisso com as pessoas.

 

Confira a nota na íntegra.

Deputado preso considera “estranha”, operação à vésperas da eleição

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix