Campo Grande/MS, Sexta-Feira, 26 de Maio de 2017 | 05:26
27˚
(67) 3042-4141
Nacional
Sexta-Feira, 19 de Maio de 2017, 09h:14
Tamanho do texto A - A+

Ministros do SFT já discutem sucessão de Temer, em caso de renúncia

Ontem (18),em pronunciamento oficial, o presidente disse que não renunciará

Maisse Cunha
Capital News

Agência Brasil/arquivo

Ministro do STF nega pedido da Procuradoria para afastar Renan Calheiros

Discretos, os membros do STF não discutiram sobre a repercussão dos últimos acontecimentos

Os Ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) conversaram, na tarde de ontem (18) sobre qual seria a regra de sucessão, caso o Presidente Michel Temer resolva renunciar ao cargo.

A conversa ocorreu, minutos antes do pronunciamento oficial do Presidente.

Segundo os Ministros, vale a regra da Costituição Federal, segundo a qual, em caso de vacância, isto é, o tempo durante o qual um cargo ocupado, o Presidente da Câmara, Deputado Federal Rodrigo Maia (DEM-RJ), assume o cargo e convoca eleições indiretas, realizadas pelo Congresso Nacional. Nessa etapa, serão escolhidos o Presidente da república e, também, o vice.

Rodrigo Maia faz parte da base aliada de Michel Temer.

A decisão de seguir a regra constituicional, é unânime entre os Ministros.

As diligências da Operação Lava Jato, realizadas nesta semana, pegou todos de surpresa. Somente o relator, Ministro Edson Fachin, e a Presidente do Supremo, Ministra Cármen Lúcia, sabiam que as ações seriam feitas.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix