Campo Grande/MS, Quarta-Feira, 12 de Dezembro de 2018 |
27˚
(67) 3042-4141
Esporte
Quinta-Feira, 11 de Outubro de 2018, 07h:49
Tamanho do texto A - A+

Thiago Neves marca e Cruzeiro sai na frente do Corinthians pelo título da Copa do Brasil

Raposa joga pelo empate na volta marcada para próxima quarta no Itaquerão

Rogério Vidmantas
Capital News

Vinnicius Silva/Cruzeiro EC

Cruzeiro Corinthians

Henrique cabeceia para defesa impressionante de Cássio quando o placar ainda estava zerado

O Cruzeiro saiu na frente do Corinthians na disputa pelo título da Copa do Brasil 2018. Nesta quarta-feira (10), em Belo Horizonte, a Raposa venceu a partida de ida por 1 a 0 e leva para São Paulo a vantagem do empate no jogo final, dia 17. Thiago Neves, no fim do primeiro tempo, marcou o gol da partida depois de acertar a trave e parar em Cássio momentos antes. Para ser campeão, o Timão precisa vencer em casa por dois gols de diferença ou pela mesma diferença do primeiro jogo e levar a disputa para os pênaltis.

Empurrado pela torcida que lotou o Estádio do Mineirão, o Cruzeiro controlou as ações da partida desde o apito inicial. Apostando nos contra-ataques, o Corinthians fechou os espaços e buscou segurar o ímpeto cruzeirense nos primeiro minutos. O primeiro lance com perigo da Raposa foi aos 18 minutos com Thiago Neves, que obrigou o goleiro Cássio a fazer grande defesa. Aos 34, o meia da Celeste emendou outro bom chute, mas a bola explodiu no pé da trave.

Vinnicius Silva/Cruzeiro EC

Cruzeiro Corinthians

Thiago Neves marcou o gol do jogo no Mineirão

 

A pressão aumentou na reta final e, aos 39 minutos, Cássio salvou novamente, desta vez em cabeceio de Henrique. Nos acréscimos, a persistência mineira foi premiada com o gol de Thiago Neves, que abriu o placar, ao desviar, de cabeça, cruzamento na medida de Egídio. Antes de entrar a bola ainda desviou no zagueiro Henrique, tirando Cássio da jogada.

Na volta do intervalo, o Corinthians tentou ficar mais com a bola nos pés, mas foi o Cruzeiro que chegou com maior perigo. Apostando nas bolas áreas, a Raposa assustou com Barcos, aos 17 minutos, e Dedé, aos 29. Em busca do gol de empate, o alvinegro paulista adotou uma postura mais ofensiva com as mudanças realizadas pelo técnico Jair Ventura, mas não conseguiu balançar as redes do goleiro Fábio, com o placar de 1 a 0 definindo o jogo.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix