Campo Grande/MS, Quarta-Feira, 12 de Dezembro de 2018 |
27˚
(67) 3042-4141
Esporte
Segunda-Feira, 08 de Outubro de 2018, 17h:09
Tamanho do texto A - A+

Federação, clubes e UFMS se reunem para discutir liberação do Morenão em 2019

Pauta do encontro foi o planejamento das adequações exigidas para o estádio receber jogos

Rogério Vidmantas
Capital News

Anderson Ramos/Capital News

Reunião Morenão

Federação, UFMS e clubes conversam sobre liberação do Morenão

Todos os anos a liberação de estádio, particularmente o Morenão, é a pedra no sapato da Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul (FFMS) e dos clubes para a realização do Campeonato Estadual e a participação em competições nacionais. Para que em 2019 esse problema seja minimizado, as partes interessadas se reuniram na manhã desta segunda-feira com a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) para planejar a execução de obras exigidas pelos órgãos responsáveis que deixem o estádio aptos para receber jogos.

A reunião aconteceu na reitoria da Universidade com a presença do presidente da Federação, Francisco Cezário, representando os clubes estava o presidente do Operário FC, Estevão Petrallás, acompanhado do vice, Coronel Nelson, e o pró-reitor de Extensão, Cultura e Esporte da UFMS, Marcelo Fernandes Pereira. Convidados para o encontro, representantes do Comercial, ABC e Novo não puderam comparecer, mas deram à Cezário o apoio para as decisões tomadas.

Entre as medidas que precisam ser tomadas estão a reforma dos banheiros utilizados pelo público, vestiários de jogadores e arbitragem, readequação das cabines de imprensa e também para revitalizar o gramado. Além disso, precisa ser feita toda a sinalização externa de orientação aos torcedores dos clubes mandante e visitante, renovação dos extintores de incêndio e ainda os clubes precisam providenciar toda a limpeza das dependências do Morenão antes de cada partida para que os portões sejam abertos.

A intenção é iniciar as obras o quanto antes para, em meados de novembro ou mais tardar início de dezembro, ter os laudos disponíveis para que as competições previstas para o próximo ano aconteçam no local sem problemas. “Foi uma reunião para buscar maneiras de liberar o Morenão para o futebol em 2019”, resumiu o presidente da Federação.

Operário

Maior interessado na liberação do Morenão para a próxima temporada, o Operário esteve no encontro com a alta cúpula da diretoria. Além do Estadual, o atual campeão sul-mato-grossense espera disputar no estádio seus jogos pela Copa do Brasil, Copa Verde e, à partir de maio, a Série D do Campeonato Brasileiro. “O Operário prioriza a liberação do Morenão pois é a nossa casa. No ano que vem voltamos a disputar competições nacionais e precisamos do estádio para termos conosco a nossa torcida”, afirma Estevão Petrallás.

Apesar do estádio pertencer a UFMS, para ser liberado precisa estar com os laudos de vistoria do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e Vigilância Sanitária atualizados. “Essa é uma obrigação dos clubes, mas a Federação, como parceira, está auxiliando no que for possível os times da Capital na liberação do nosso maior palco”, conclui Francisco Cezário.

Anderson Ramos/Capital News

Operário Corumbaense

Operário e Corumbaense decidiram título estadual deste ano no Morenão

1 COMENTÁRIO:

Isso tem nome INCOPETENCIA
enviado por: Antonio Gomes Rocha em 08/10/2018 às 18:23:31
0
 
0
responder

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix