Campo Grande/MS, Domingo, 18 de Novembro de 2018 |
27˚
(67) 3042-4141
Esporte
Sexta-Feira, 09 de Novembro de 2018, 09h:31
Tamanho do texto A - A+

Douradense comemora título e acesso em Santa Catarina

Goleiro Lucas Tamisari foi comandado por Paulo Baier no Próspera FC, de Criciúma

Rogério Vidmantas
Capital News

Arquivo Pessoal

Lucas Soccer

Lucas Tamisari teve ex-jogador Paulo Baier como técnico no Próspera FC

 

Encerrar a temporada com título é o sonho de todo jogador e o douradense Lucas Tamisari é um desses privilegiados. Goleiro do Próspera FC, de Criciúma, o atleta fez parte do elenco comandado pelo ex-jogador Paulo Baier que conquistou o título da Série C do Campeonato Catarinense e, consequentemente, garantiu o acesso para segunda divisão em 2019.

 

Gerenciado pela Soccer Union, Lucas chegou ao Próspera ainda na pré-temporada e disputou três jogos na campanha que garantiu o acesso do clube, durante contusão do titular Jonatans. Com 20 anos, ele fez parte do elenco do Sete de Dourados durante o Campeonato Estadual e o clube catarinense foi o seu primeiro título como profissional. "Foram três meses entre preparação e campeonato e o clube fez de tudo para nos dar todas condições para fazer um bom campeonato e chegar à Série B", elogia.

 

A experiência de ter trabalhado com Paulo Baier também foi colocada por Lucas como marcante. "Foi uma convivência de muito aprendizado e ele deixou claro que poderá me chamar para outros clubes, que eu teria portas abertas e isso é muito importante". Apesar disso, Lucas aguarda para definir o destino na próxima temporada. "Falaram que gostariam de contar comigo e outros jogadores na Série B, mas ainda não definimos nada". Como a segunda divisão é apenas no segundo semestre, no primeiro Lucas pode seguir no Estado e voltar ao Sete seria uma das opções.

 

Lucas é um dos atletas que saíram da Escolinha de Goleiros da Funed, sob cuidados do ex-jogador e preparador de goleiros Moacir. Depois passou por equipes do interior de São Paulo como o Monte Azul, Portuguesa Santista e Ponte Preta, até chegar ao Londrina, onde completou sua formação antes de se profissionalizar. "Não posso deixar de falar do professor Moacir e o trabalho dele que me ajudou a crescer muito. Sempre que estou em Dourados de férias sigo treinando com ele para manter a forma", encerra.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix