Campo Grande/MS, Sábado, 17 de Novembro de 2018 |
27˚
(67) 3042-4141
Esporte
Quinta-Feira, 12 de Julho de 2018, 08h:34
Tamanho do texto A - A+

Croácia vence Inglaterra na prorrogação e chega à final da Copa pela primeira vez

Decisão contra a França acontece domingo em Moscou

Rogério Vidmantas
Capital News

FIFA Oficial/Getty Images

Croácia Inglaterra

Mandzukic chuta na saída do goleiro inglês e marca na prorrogação o gol da classificação croata

A Copa do Mundo da Rússia 2018 já tem os seus finalistas e, se a França chega como favorita em sua terceira final em 20 anos, o adversário é um estreante. A Croácia venceu, de virada, a Inglaterra por 2 a 1 nesta quarta-feira (11) e chega pela primeira vez na decisão em sua quinta participação na competição. A Seleção comandada por Modric precisou da sua terceira prorrogação seguida para avançar, desta vez sem precisar das cobranças de pênaltis como aconteceu contra Dinamarca e Rússia.


No domingo, às 11h (MS), em Moscou, a França busca o bicampeonato tendo no currículo o título de 1998 e o vice em 2006. A Croácia, que estreou em mundiais na terra dos adversários, chegou na semifinal naquele ano, caindo justamente para a França, jogou outras três Copas sem passar da primeira fase. Surpresa na decisão, não quer parar de espantar o mundo do futebol. Inglaterra e Bélgica disputam o terceiro lugar no sábado (14), em São Petersburgo.

O Jogo

A Inglaterra começou a todo vapor e aos cinco minutos, Modric derrubou Dele Alli perto da meia-lua da área. O lateral Trippier fez uma cobrança perfeita e não deu chances para o goleiro Subasic, abrindo o placar. A Inglaterra aproveitou os espaços abertos pelos croatas que buscavam desorganizadamente o empate e quase ampliou em jogadas de velocidade. Harry Kane perdeu dois gols incríveis, mas em lances de impedimento, um deles duvidoso. A melhor chance da Croácia foi nos minutos finais. Após um erro de saída de bola do goleiro Pickford, Rakitic entrou na área, deu um lençol no zagueiro, mas, na hora de ajeitar para o chute, foi desarmado.

O segundo tempo mostrou um jogo mais consistente da Croácia no ataque. O sistema defensivo inglês, eficiente até então, ruiu aos 22 minutos do segundo tempo. Vrsaljko cruzou pela direita e Perisic foi mais esperto que a defesa inglesa. Se antecipou de Trippier e Walker e, na base da raça, deu um toque providencial para o gol. A Inglaterra passou a errar muito, principalmente nas saídas de bola. Perisic teve a chance de marcar seu segundo gol, mas a bola bateu na trave. No rebote, Rebic chutou em cima de Pickford e o tempo regulamentar terminou em 1 a 1.

Prorrogação

Foi a terceira prorrogação seguida da Croácia e a Inglaterra melhorou e conseguiu reequilibrar a partida. O segundo tempo da prorrogação mostrou uma Croácia ofensiva novamente. E chegou ao gol da vitória com Mandzukic, que fez um gol típico de centroavante, aproveitando uma bola sobrada na área. Mesmo perdendo, a Inglaterra não teve forças para pressionar a Croácia, que foi eficiente na defesa e esperta no ataque. Quando recuperavam a bola, gastavam tempo no ataque e comemoraram a vitória por 2 a 1 e a vaga inédita na decisão da Copa do Mundo.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix