Campo Grande/MS, Domingo, 22 de Outubro de 2017 | 17:49
27˚
(67) 3042-4141
Esporte
Quinta-Feira, 05 de Outubro de 2017, 19h:38
Tamanho do texto A - A+

Brasil mantém jejum de 32 anos e empata com a Bolívia em 0 a 0

Time para no goleiro e ficou no empate sem gols na altitude de La Paz

Flávio Brito
Capital News

Lucas Figueiredo/CBF

Brasil empata com a Bolívia

Neymar teve boas chances de marcar

A Seleção Brasileira enfrentou a Bolívia nesta quinta-feira (5), na altitude de 3.600 m de La Paz, tendo a missão de acabar com o longo jejum de vitórias em solo boliviano pela competição que já dura 32 anos. Mas, não foi dessa vez. O time escalado pelo técnico Tite ficou no zero com os vizinhos.


Para o confronto contra os bolivianos, Tite optou por colocar Thiago Silva como titular ao lado de Miranda, sacando Marquinhos, titular em todos os jogos com o treinador no banco de reservas do Brasil. Philippe Coutinho voltou no lugar de Willian, enquanto Alex Sandro assumiu a lateral-esquerda no lugar de Marcelo, lesionado.


Depois de um início morno, o primeiro tempo ficou animado, com Carlos Lampe fazendo grandes defesas, e Valverde salvando dois chutes de Neymar, sem goleiro. A Bolívia também assustou em chutes de longe e chegou a acertar o travessão de Alisson, mas as seleções foram para o intervalo com o 0 a 0 no placar.


Já no primeiro minuto da segunda etapa, Neymar cobrou falta para a área, Paulinho esticou a perna e desviou de primeira. Lampe deu um tapa e a bola ainda bateu na trave. Nos minutos subsequentes, Neymar continuou a ser a principal válvula de escape da Seleção Brasileira, travando o seu duelo particular com Lampe. Os outros homens de criação do time, no entanto, não acompanhavam o atacante. Tite escolheu um deles para sair. Trocou Philippe Coutinho por Willian.

 

A última aposta da Seleção foi Fernandinho, substituto de Paulinho, enquanto o treinador argentino Ángel Guillermo Hoyos desagradou ao público local ao sacar Arce para a entrada de Saucedo. A torcida boliviana, contudo, logo voltou as suas atenções a Lampe. O goleiro encerrou a sua grande atuação com uma bela defesa em cabeçada de Gabriel Jesus. 

 

Contra o Chile

Para o duelo diante do Chile, em São Paulo, na próxima terça-feira, o treinador da Seleção já adiantou que Ederson, goleiro do Manchester City, irá assumir a meta verde e amarela no lugar de Alisson.(Com Gazeta esportiva)

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix