Campo Grande/MS, Sábado, 25 de Maio de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Esporte
Domingo, 14 de Abril de 2019, 10h:31
Tamanho do texto A - A+

Aquidauanense e Águia Negra começam a decidir título estadual neste domingo

Os dois finalistas estão garantidos na Série D do Brasileiro e Copa do Brasil em 2020

Rogério Vidmantas
Capital News

Franz Mendes

Mauro Marino

Mauro Marino leva o Aquidauanense para decisão pela segunda vez

A decisão do Campeonato Estadual começa neste domingo (14) em Aquidauana. Aquidauanense e Águia Negra abrem a disputa na nona final entre clubes do interior na história do futebol sul-mato-grossense. A última, em 2012, envolvia o próprio Águia, que terminou com o título, e o Naviraiense. A favor do Azulão tem o fato de que o último clube que deixou Operário e Comercial pelo caminho terminou campeão, o Sete de Dourados em 2016.

 

Dono da melhor campanha em fases anteriores, o time de Rio Brilhante joga com a vantagem da igualdade para conquistar o seu terceiro título, enquanto o Aquidauanense precisa obrigatoriamente terminar em vantagem os confrontos para levantar a taça pela primeira vez. Os dois finalistas estão classificados para Série D do Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil em 2020, essa última competição garantindo cota mínima de R$ 500 mil.

 

Segundo informações extra-oficiais, cerca de 1.500 ingressos para o jogo teriam sido vendidos antecipadamente. O jogo de ida da final terá arbitragem de Paulo Henrique Vollkopf, auxiliado por Leandro dos Santos Ruberdo e Cícero Alessandro de Souza, todos do quadro de árbitros da CBF.

 

Times

 

No Aquidauanense, o técnico Mauro Marino não deve ter problemas para escalar o time, mas, ao contrário de jogos anteriores, faz mistério. “Semana foi de ajustes e recuperação para contar com todos nesta primeira final. Tenho uma dúvida que vou definir momentos antes do início do jogo. Quero ressaltar a qualidade do nosso grupo que está há seis jogos invicto. Tem que se valorizar. Aí está um dos pontos de equilíbrio do Aquidauanense", falou, lembrando a campanha do time que precisou vencer os jogos na reta final da primeira fase para escapar do rebaixamento em decorrência de uma possível punição que depois foi confirmada, tirando seis pontos dos 18 conquistados, e depois eliminando a dupla Comerário.

 

Considerando as últimas escalações, Marino deve escalar o time com Diego no gol; Robinho, Jaime, Abdala e Jô; Peterson, Cy, Jefinho e Agnaldo; Baiano e Gibran (Tiziu).

 

Pelo lado do Águia Negra a dúvida é o atacante e um dos artilheiros do campeonato, Guilherme. O jogador levou uma pancada no tornozelo na partida do último domingo contra o Sete de Dourados e, desde então, vem fazendo tratamento intensivo. O técnico Rodrigo Cascca, porém, comemora a volta do lateral Fabiano, fora dos jogos semifinais. “Espero contar com todos, inclusive com o Guilherme. Além da sua qualidade técnica, o entrosamento com os homens de frente tem feito a diferença a nosso favor. Mas nós temos um elenco e eu confio nos meus jogadores, temos também a volta importante do Fabiano ao time, isso vai nos ajudar muito principalmente em uma decisão ainda mais fora de casa”, analisou.

 

Cascca deve manter a escalação que considera ideal com Filipe; Gugu, Virgulino, Jonatan e Fabiano; Russo, Pedro, Marinho e Salomão; Kareca e Guilherme (Cleiton).

 

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix