Campo Grande/MS, Segunda-Feira, 25 de Março de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Quarta-Feira, 09 de Janeiro de 2019, 15h:53
Tamanho do texto A - A+

Prefeitura decreta controle de transporte de resíduos

O CTR será expedido em formato eletrônico e exigido dos operadores que exercem o serviço

Leonardo Barbosa
Capital News

PMCG

Projeto recolhe 24 toneladas de resíduos em uma semana

No Diário Oficial de Campo Grande (Diogrande) desta quarta-feira (9) foi publicado o Decreto n. 13.754 que apresenta as regras gerais para cadastramento e emissão do Controle de Transporte de Resíduos por meio Eletrônico (E-CTR). Desta forma, a Administração Pública adota medidas que garantem a melhoria contínua nos serviços de uma gestão sustentável dos resíduos, em especial ao da construção civil e resíduos volumosos.

 

O Controle de Transporte de Resíduos (CTR) será expedido em formato eletrônico e exigido dos operadores que exploram a coleta e o transporte de resíduos da construção civil, com a finalidade de comprovar a correta destinação deste material e visando o controle dos Resíduos da Construção Civil (RCC) permitindo o seu rastreamento desde o gerador até a unidade de destinação. O transportador precisará portar o CTR Eletrônico, obrigatoriamente, toda vez que coletar, transportar e destinar o RCC à uma área devida.

 

Outro benefício é a maior agilidade na emissão do CTR Eletrônico. Com senha web, o documento poderá ser feito em qualquer lugar. O transportador acessará o sistema online com o registro referente ao seu cadastro e preencherá o CTR Eletrônico com todas as informações referentes ao gerador e à unidade de destinação. Os controles serão baixados imediatamente, via internet, pelas áreas de destinação no ato da descarga. Quando verificado pela fiscalização o não cumprimento da Legislação os transportadores estarão sujeitos às sanções previstas na Lei Municipal n. 4.864.

 

 

Ainda conforme o Decreto, o período de permanência máximo de cada caçamba metálica estacionada em via pública para a coleta de resíduos da construção civil e volumosos será de sete dias úteis, compreendendo o tempo de colocação e retirada, tendo igual prazo a caçamba locada para depósitos de insumos.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix