Campo Grande/MS, Terça-Feira, 27 de Junho de 2017 | 16:50
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Quinta-Feira, 09 de Março de 2017, 11h:29
Tamanho do texto A - A+

Merenda da REME pode vir da agricultura familiar

Prefeitura estuda abrir chamamento público para compra dos produtos

Flavia Andrade
Capital News

Divulgação/Assessoria

Merenda da REME pode vir da agricultura familiar

Prefeitura estuda abrir chamamento público para compra dos produtos

Nesta quarta-feira (8) durante reunião, técnicos da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico de Ciência e Tecnologia (Sedesc) e nutricionistas da Superintendência de Alimentação Escolar formalizaram e definiram os produtos que serão entregues para a merenda escolar. A prefeitura estuda a compra por meio do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), através de chamamento público.

O secretário da Sedesc, Luiz Fernando Buainain, destacou a importância do programa PNAE para os produtores e para alimentação escolar. “Esta é uma forma de fortalecer a agricultura familiar. É uma reunião importante que discute a produção e logística da entrega dos alimentos. Nos importamos com a qualidade da alimentação das crianças e o apoiamos para que os produtores plantem o que vai ser consumido na merenda escolar. Seguindo esta metodologia de trabalho todos ganham e nossa equipe do agronegócio está pronta para apoiar os agricultores”, afirma Buainain.

Para o agrônomo da Sedesc, João Duarte, que irá orientar os produtores da agricultura familiar, que procurarem a secretaria, quanto aos aspectos burocráticos, disse que, “nossa equipe do agronegócio vai ajudar os produtores na organização da documentação. Esta reunião de hoje é importante porque temos produtores que aderiram ao programa no ano passado e possuem a experiência de produzir e entregar os alimentos que serão servidos na merenda escolar”, pontuou Duarte.

De acordo com a nutricionista Teresa de Oliveira, “nós temos que definir com os produtores quais os alimentos eles devem produzir para atender o cardápio da merenda escola. Este cardápio da merenda é feito com antecedência de 20 dias, que é válido para todas as escolas da Rede Municipal de Ensino (Reme). Nós atendemos 105 mil alunos das escolas e ceinfs em Campo Grande”, conclui nutricionista.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix