Campo Grande/MS, Domingo, 22 de Outubro de 2017 | 17:56
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Quinta-Feira, 10 de Agosto de 2017, 16h:23
Tamanho do texto A - A+

Famílias são despejadas para reintegração de posse em Dourados

Prefeitura esclarece que havia notificado da irregularidade e local servirá para a educação infantil

Renato Giansante
De Dourados para o Capital News

Osvaldo Duarte/Dourados News

Famílias são despejadas para reintegração de posse em Dourados

Máquinas da prefeitura fizeram a reintegração de posse nesta quinta-feira

Na manhã desta quinta-feira (10), a prefeitura de Dourados iniciou a desocupação de uma área pública, próximo ao Parque Ambiental Rego D’água, na Vila Erondina, ocupada por famílias há anos. Houve apelo da população local, mas a prefeitura disse que os mesmos já haviam sido notificados para deixarem suas residências irregulares.

Pelo menos quatro famílias perderam o lugar onde moravam. Algumas dizem estar no local há pelos 30 anos. Os responsáveis pela desocupação retiraram os pertences  das casas e com uma máquina derrubaram as casas de madeiras e alvenaria.

A ação contou com a presença de policiais militares, equipe da GMD (Guarda Municipal de Dourados) e servidores públicos.

Logo após, a prefeitura de Dourados divulgou uma nota dizendo se tratar “de uma situação não desejada, mas necessária para que a educação infantil não seja penalizada”.

A área onde ocorreu a reintegração é pública e está localizada anexa ao campo de futebol. No local, será realizada uma obra de um Centro de Educação Infantil Municipal, para atender toda aquela região, com vagas para mais de 400 crianças. Os recursos são do PAC (Plano de Aceleração do Crescimento), edição II.

As notificações para desocupação iniciou em 2015, já que por ser público não cabe usucapião. O último aviso foi dado em maio através notificação judicial onde relatava o prazo de 30 dias para deixarem as residências.

A prefeitura diz que tem procurado meios legais para garantir que essas três famílias não fiquem sem um teto. A Associação de Moradores do bairro chegou a oferecer moradias gratuitamente, por seis meses às famílias. Até o momento, não foi confirmado o destino deles.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix