Campo Grande/MS, Sábado, 25 de Maio de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Saúde
Quinta-Feira, 16 de Maio de 2019, 15h:57
Tamanho do texto A - A+

Confirmado 23 casos de H1N1 e H3N3 em MS

Seis pessoas morreram por consequência do vírus

Elaine Silva
Especial para o Capital News

PMCG

Vacinação contra gripe amplia grupos prioritários

Crianças de cinco a nove anos e adultos de 50 a 59 anos podem receber a vacina

A Secretária de Estado e Saúde (SES) mostrou pelo boletim epidemiológico 23 casos de vírus H1N1 e H3N3, em MS. Além dos casos ainda foi revelado pelo boletim divulgado na última quarta-feira (15) a sexta morte por gripe. Conforme o boletim as notificações chegaram a 392 até o último levantamento. As mortes aconteceram nas cidades de Três Lagoas, Corumbá e Aquidauana. 

 

O levantamento aconteceu durante a campanha de vacinação que acontece até o dia 31 de maio, para os grupos prioritários definidos pelo Ministério da saúde.  Na Capital as pessoas podem procurar as Unidades Básicas de Saúde (UBS) ou de Saúde Familiar (UBSF). De acordo com a determinação da Organização Mundial de Saúde (OMS) a vacina produzida em 2019 teve mudanças e protege contra três  subtipos do vírus da gripe que estão presentes no Hemisfério Sul. 

 

Idosos com 60 anos ou mais, as puérperas (mulheres até 45 dias após o parto),s trabalhadores de saúde; os povos indígenas; os portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais; e, os professores de escolas públicas e particulares; as crianças de 6 meses a menores de 6 anos (5 anos, 11 meses e 29 dias); as gestantes; e, os policiais civis, militares, bombeiros e membros ativos das Forças Armadas, podem receber a dose da vacina. Já os adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas e a população privada de liberdade, bom como os funcionários do sistema prisional serão imunizados em esquema programado pela Secretaria Municipal de Saúde (Sesau).

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix