Campo Grande/MS, Sábado, 18 de Agosto de 2018 | 02:34
27˚
(67) 3042-4141
Saúde
Segunda-Feira, 30 de Junho de 2014, 11h:53
Tamanho do texto A - A+

Enfermeiros da Santa Casa podem entrar em greve nesta quarta

Thatiana Melo - Capital News (www.capitalnews.com.br)

Depois de entrar em negociação com a Santa Casa e não obtiver resposta as reivindicações, os profissionais da saude podem deflagrar greve nessa quarta (2). A categoria pede um reajuste de 16,43%, mas o hospital só ofereceu 6% “nós estamos fazendo duas assembleias por dia para discussão com os profissionais. Na sexta (27) mandamos um documento para o hospital para abrir as negociações e pedindo também à intervenção do Ministério Público do Trabalho, mas até agora não responderam” afirmou Lazaro Santana, presidente do SIEMS (Sindicato dos Trabalhadores em Enfermagem).

Além dos 16,43% de reajuste a categoria ainda pede um aumento no abono assiduidade de R$ 143 para R$ 199 e o aumento da insalubridade, que foi reduzido pelo hospital antes de 40% agora com a redução passou para 20%, reduzindo em mais de R$150 reais a remuneração dos profissionais. “Estamos trabalhando normalmente, a expectativa é que a Santa Casa nos chame para negociar. Estamos abertos para um meio termo. Mas se não tivermos resposta 70% dos enfermeiros vão para e por tempo indeterminado” ressaltou Lazaro Santana.

Hoje, o quadro de funcionários da Santa Casa tem um déficit de 300 profissionais segundo o presidente do SIEMS, que ainda disse não existe atrativo para que profissionais trabalhem no hospital, com uma carga horária sobrecarregada e poucos benefícios. Lazaro ainda afirmou que 200 profissionais já foram afastados por questão de doença e 115 pedidos de demissão foram feitos ao hospital. Os profissionais de enfermagem têm salário base de R$ 1.048 se concedido o aumento o salário subiria para R$ 1.214,36 reais.
 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Trinix