Campo Grande/MS, Quinta-Feira, 18 de Outubro de 2018 | 01:32
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Domingo, 29 de Julho de 2018, 12h:47
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Crescem em 2,7% as vendas de PCs no segundo trimestre de 2018

Por Gustavo Torniero

Da coluna Tecnologia
Artigo de responsabilidade do autor

Foram comercializadas 62,3 milhões de unidades durante o período

Istock Photos

ColunaTecnologia

O International Data Corporation (IDC) aponta que houve um crescimento de 2,7% na venda de PCs (desktop, notebook e workstation) no segundo trimestre de 2018, em relação ao mesmo período no ano passado. No total, foram comercializadas 62,3 milhões de unidades. Os resultados superaram a previsão da IDC, que vislumbrava um crescimento de 0,3%.

 

A taxa de crescimento é a maior em seis anos, quando o primeiro trimestre de 2012 apresentou crescimento de 4,2%. Embora o resultado tenha sido impulsionado por um segundo semestre fraco em 2017, os novos valores divulgados quebram a tendência dos últimos três semestres, com o mercado pairando ligeiramente acima ou abaixo do crescimento estável.

 

O setor teve crescimento tanto em modelos premium quanto nos de entrada. A variedade maior de produtos ficou com os notebooks premium, dispositivos baseados no Chrome OS e PCs gamers, com o fornecimento de melhores placas gráficas. Vemos, por exemplo, um crescimento de 7% na busca pelo termo "notebook Lenovo" no Google, comparando o início do 2T com o final.

 

O crescimento foi observado em todas as regiões. Nos EUA, o mercado teve o segundo trimestre consecutivo de crescimento ano a ano, com 17,3 milhões de unidades. Na China também houve um desempenho acima das expectativas, segundo o IDC. As cinco maiores empresas de PCs são HP, Lenovo, Dell, Apple e Acer. Juntas, elas cresceram acima de 7% e capturaram quase 78% do mercado.
 
Mercado de PCs cresce 21,3% no primeiro trimestre de 2018
 
No Brasil, o último dado disponível do IDC é em relação ao primeiro trimestre de 2018. O mercado continuou aquecido, seguindo a tendência de 2017. Entre os meses de janeiro e março de 2018, foram comercializados 1,34 milhão de equipamentos, ou seja, 21% a mais do que o registrado no mesmo período no ano passado, quando foram vendidas 1,1 milhão de máquinas.

 

“Normalmente, no primeiro trimestre há queda nas vendas de PCs. Este ano, como não houve aumento significativo do dólar no período, fabricantes e varejistas conseguiram manter os mesmos preços de 2017, o que explica o movimento de vendas favorável”, disse Wellington La Falce, analista de pesquisa da IDC Brasil em nota à imprensa.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix