Campo Grande/MS, Quarta-Feira, 12 de Dezembro de 2018 |
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Quarta-Feira, 10 de Outubro de 2018, 07h:49
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Deputado há 32 anos em MS, Picarelli diz que não se reelegeu por “falta de dinheiro”

Por Marco Eusébio

Da coluna Entrelinhas da Notícia
Artigo de responsabilidade do autor

Luciana Nassar/ALMS

ColunaMarcoEusébio

Picarelli, no oitavo mandato, lamentou hoje não ter sido reeleito e admitiu a possibilidade de disputar cadeira de vereador

Na primeira sessão da Assembleia depois das eleições, o deputado estadual Maurício Picarelli (PSDB) usou a tribuna e lamentou não ter sido reeleito depois de 32 anos na casa onde está finalizando seu oitavo mandato. Picarelli atribuiu à falta de dinheiro o principal motivo de não conquistar o nono mandato. "Faltou dinheiro. Você acha que com R$ 200 mil dá para fazer campanha? Contra milhões e milhões? O pessoal falou muito em renovação, então acreditaram, de certo, me associaram à velha política, pode ter certeza. Mas o Londres [Machado] voltou. Então é uma coisa que a gente não entende. É inexplicável", afirmou. Também falou do "efeito Bolsonaro" que elegeu dois deputados estaduais. "Estive correndo para lá e para cá, fazendo o máximo, enfrentando o ‘efeito Bolsonaro’. Aliás, eu quero parabenizar o Capitão Contar e o Coronel David, eleitos pelo efeito. A gente sentia que o povo queria, não vou dizer renovação, mas uma mudança". Por fim, conforme o site Midiamax, Picarelli admitiu disputar uma cadeira de vereador em Campo Grande.

 

 

   Leia a coluna de hoje clicando aqui em Marco Eusébio in Blog

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix