Campo Grande/MS, Segunda-Feira, 24 de Setembro de 2018 | 01:13
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Sábado, 18 de Agosto de 2018, 07h:49
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Antes de passar o leme do TSE, Fux repete: “condenado em 2ª instância é inelegível”

Por Marco Eusébio

Da coluna Entrelinhas da Notícia
Artigo de responsabilidade do autor

Sara Resende/G1 Reprodução

ColunaMarcoEusébio

Luiz Fux durante palestra em Brasília: a Justiça precisa coibir 'qualquer ilusão de que inelegível pode concorrer'

Em seu último dia como presidente do Tribunal Superior Eleitoral, o ministro Luiz Fux, que passou o comando do TSE para Rosa Weber na terça (14), sem citar Lula ou outro nome, voltou a afirmar durante palestra em Brasília para quem insiste em não entender:

– "Não quero pessoalizar. Eu sempre afirmei que candidato condenado em segunda instância é inelegível, portanto não pode atuar como candidato passível de ser eleito".

Conforme o site G1, Fux disse ainda, também sem citar nomes, que a Justiça Eleitoral deve evitar a realização de pesquisas e propagandas com candidatos inelegíveis. Declarou que a Justiça precisa coibir "qualquer ilusão de que o candidato poderá concorrer".

 

 

   Leia a coluna de hoje clicando aqui em Marco Eusébio in Blog

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix